quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

Mitologia e Folclore - Amaterasu, A Deusa do Sol

Amaterasu, também conhecido como Amaterasu-Oho-No-Kami, cujo nome significa "Grande Deusa de Agosto Que Ilumina o Céu", é a Deusa do Sol, divindade japonesa que vela sobre os homens e os enche de benefícios. O nome Amaterasu deriva da palavra Amateru, que significa "Brilhar ou Brilho no Céu". A família imperial japonesa e obviamente o Imperador do Japão são, segunda a crença, descendentes diretos de Amaterasu. A Deusa do Sol nasceu do olho esquerdo de Izanagi, após este se purificar de seus pecados no leito de um rio. Amaterasu domina o panteão de deuses do Xinto ou Xintoísmo. É comumente representada empunhando um disco solar. Uma curiosidade é de que o Kojiki (documento mais antigo sobre a história antiga do Japão) não usa pronomes ou gêneros, por isso alguns livros descrevem a divindade como homem, embora o mais comum seja a representação feminina. 

Os mais antigos contos sobre Amaterasu são datados de 680 DC (Kojiki), e 720 DC (Nihon Shoki), estes dois compreendem os registros mais antigos da história japonesa. Na mitologia japonesa Amaterasu, Deusa do Sol, é irmã de Susano'o, Deus das Tempestades e do Mar, e de Tsukuyomi, o Deus da Lua. Todos os três nasceram de Izanagi, quando este purificou-se depois de voltar de sua jornada ao Yomi, o Submundo, e de ter falado no resgate de sua mulher e irmã Izanami. Amaterasu nasceu do olho esquerdo, Tsukuyomi nasceu do olho direito e Susano'o nasceu do nariz de Izanagi.    

Nos primórdios Amaterasu governava o sol e os céus juntamente com seu irmão e marido Tsukuyomi, o Deus da Lua e regente da noite. Amaterasu dividia o céu com Tsukyomi, até que, o Deus da Lua matou a Deusa dos Alimentos, chamada Uke Mochi. Está morte foi o motivo da separação do casal, a partir deste momento Amaterasu rotulou seu ex-marido como um Deus Mau. Desde então a noite separou-se do dia.   

Os texto falam de uma rivalidade de longa data entre Amaterasu e seu outro irmão Susano'o. Houve um tempo em que Susano'o estava prestes a ser banido do céu por ordens de Izanagi. Quando cito o céu, não se refere ao céu como um mundo a parte do mundano e terreno onde os seres humanos vivem, um lugar organizado e único onde os deuses vivem em seus castelos e residências como ocorre no Olimpo e Asgard. No Xinto os deuses vivem em lugares comuns, como cavernas, montanhas, rios, dentro de árvores e etc. O ato de banir um deus do céu é impedi-lo de conviver em sociedade com outras divindades e não expulsá-lo de um lugar específico. Susano'o foi se despedir de sua irmã Amaterasu, A Deusa no primeiro momento ficou desconfiada, então Susano'o propôs um desafio para provar sua sinceridade, ela aceitou. O desafia consiste no seguinte: cada Deus com um objeto do outro criaria o maior número de deuses e deusas em um determinado momento. Através da espada de Susano'o Amaterasu criou três Deusas e através do colar da Deusa do Sol, Susano'o criou cinco Deuses. Alegando que os Deuses por nasceram de seu colar pertenciam a ela e as Deusas nascidas da espada pertenciam a Susano'o, Amaterasu declarou-se a vencedora, pois havia criado um número maior de divindades.

Amaterasu vivia em uma caverna chamada Ama-no-Iwato (algo como "Caverna de Rocha Celestial"), em companhia de suas criadas, que lhes teciam cotidianamente um quimono da cor do tempo. Todos os dias de manhã, a Deusa saía com o tal quimono para iluminar a Terra. Até o dia em que seu irmão e rival Susano'o em um acesso de fúria após perdem um desafio que ele mesmo tinha proposto a sua irmã destruiu os campos de arroz de Amaterasu, ainda insatisfeito jogou o cadáver de um cavalo sobre o tear das criadas. Assustadas as tecelãs atropelaram-se e um delas morreu, perfurada pelo próprio instrumento de trabalho. Amaterasu não apreciou a brincadeira e em um acesso da raiva recolheu-se a sua caverna celestial. Como a Deusa deixou de fazer seu trabalho o sol não voltou a brilhar no céu. O mundo congelou e os campos murcharam. O pânico foi semeando até entre os deuses, que assim como os humanos, não enxergavam nada. Os Deuses temendo a escuridão eterna organizaram uma festa na entrada da caverna. Eles se reuniram e bolaram um estratagema. O Deus da Inteligência, Omaikane, pediu a todos que comparecessem ao redor da caverna e pediu que colocassem um espelho apontando para entrada. Pediram a Uzume, a mais engraçada das Deusas que os distraísse diante da caverna fechada em que Amaterasu estava amuada. A Deusa Uzume não usou de meios termos e pôs-se a dançar provocante, exibindo suas partes íntimas com caretas irresistíveis. Estava tão divertida que os deuses desataram na gargalhada. Curioso, Amaterasu não aguentou; entreabriu a pedra que fechava a caverna, imediatamente os Deuses lhe direcionaram o espelho onde ela viu uma mulher esplêndida, ela mesma. Surpresa, ela adiantou-se. Neste momento os Deuses agarraram-na e a puxaram para fora da caverna. Os Deuses e Deusas convenceram-se a voltar a realizar suas obrigações como Deusa do Sol, assim o sol voltou a brilhar no céu. Como punição pelo ocorrido, Susano'o foi definitivamente banido do convívio dos Deuses.



     
Em Naruto Amaterasu é uma das técnicas concebidas por aqueles que possuam o Mangekyou Sharingan. A técnica consiste na criação de chamas negras que jamais extinguem-se até que o alvo seja totalmente destruído ou que o conjurador "reco-lha", por assim dizer, as chamas. Também é possível selá-las em pergaminhos. O Amaterasu é criado através e apenas do olho esquerdo de seu conjurador.


Naruto Storm 3 - Ícones dos Personagens

Fonte: saiyanisland

Confira os mais de 100 ícones dos personagens de Storm 3. Todos os personagens citados abaixo estão no jogo de alguma maneira. Podem ser personagens jogáveis, de apoio no Modo de Batalha Livre, Modo História ou ambos.














































Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...